Close

Not a member yet? Register now and get started.

lock and key

Sign in to your account.

Account Login

Forgot your password?

Educação Digital e Networking

04 jul Blog | Comentar

Na coluna da semana passada defendi a educação ao invés da proibição no uso de mídias sociais por colaboradores dentro das empresas. Pense bem, a grande maioria dos profissionais que utilizam a internet em suas atividades já usam redes e mídias sociais. Com smartphones e tablets em mãos, acabarão utilizando-as quer o empregador aceite ou não. Considerando que quem está no mercado de trabalho precisa seguir regras de conduta que preservem sua imagem e também a imagem da empresa que trabalha – como já acontece no ‘mundo real’ – por que não estimulá-los a usar a web de forma inteligente e produtiva, gerando benefícios não só para si próprio como também para todos à sua volta?
 
Um dos primeiros objetivos da educação digital é incentivar a formação de networks digitais. Redes sociais não são utilizadas somente para contatos pessoais. Profissionais mais antenados utilizam também para contatos com colegas de profissão, fornecedores, formadores de opinião e clientes. Imagine equipes de marketing, comercial, desenvolvimento de produtos e recursos humanos, construindo redes sociais fortes. Se cada uma trouxer informações e relacionamentos oriundos do seu network, há oportunidade de se promover a integração para discutir a realidade e tendências pela visão de cada uma, podendo gerar uma inteligência coletiva que pode se transformar em mais competitividade para uma empresa, além de favorecer a comunicação interna.
Além disso, conscientizar funcionários para que formem redes profissionais é um enorme facilitador para que acompanhem informações sobre o mercado onde a empresa está inserida e também sobre sua área de atuação profissional. Isso porque sempre há pessoas que se mantém fortemente atualizadas e atuam como filtro das informações mais relevantes, compartilhando conteúdos em suas mídias sociais, o que facilita a vida de quem quer se manter antenado. O Twitter é uma excelente ferramenta para conhecer colegas de profissão e se manter atualizado. A própria ferramenta sugere twitters que tratam de assuntos  que te interessam. Para isso, é importante descrever suas áreas de interesse na ‘bio’ do perfil.
Na dúvida em abrir uma rede social na empresa, comece com o Linkedin – rede social restrita para contatos profissionais com mais de 3 milhões de usuários somente no Brasil, criada especificamente para networking.

Facebook e Twitter: jpbalthazar.

Matéria originalmente publicada no Jornal Folha de Londrina no dia 04 de julho de 2011.

Google+