Close

Not a member yet? Register now and get started.

lock and key

Sign in to your account.

Account Login

Forgot your password?

Conteúdo, Afinidades e Mídias Sociais

28 mar Blog | 1 comentário

O ser humano é curioso, ávido por conhecimento e carrega consigo o desejo de pertencer. Provavelmente o sucesso das redes sociais se deve ao fato de que exploram justamente as características que nos impelem a querer saber mais sobre os outros, procurando identificar afinidades para desenvolvermos relações de sucesso.

Mas como fazer para facilitar que estas afinidades sejam identificadas e relacionamentos sejam desenvolvidos? Tendo conteúdo!

As afinidades provêm de algo que pessoas possam ter em comum: experiências, interesses, problemas ou causas. E tudo isso pode ser transformado em conteúdo na internet, tanto por pessoas quanto por empresas. É compartilhando o que pode ser útil para outros que promovemos conversas produtivas na internet. E isso também vale tanto para pessoas quanto para empresas.

Não há motivo para que alguém seja ‘amigo’ ou ‘siga’ uma empresa se o único propósito é empurrar seus produtos goela abaixo – salvo se a proposta de valor seja ‘descontos’.

Dica: compartilhe conteúdo relevante sobre sua área de atuação, ensine seu cliente em ‘doses homeopáticas’, mostre seus esforços em inovação e daí sim faça um link com seus produtos associando-os ao seu conteúdo digital.

Em suma, conquiste a confiança e apresente produtos dentro de contextos mais sociais do que comerciais. As vendas acontecerão naturalmente. E com potencial para se propagar através do boca a boca (buzz marketing).

O conteúdo pode ser gerado por dois caminhos:

- Original: criados dentro da própria empresa ou por um prestador de serviços. É importante para a geração de reputação e indexação pelos mecanismos de buscas;

- Filtro de Informação: seleção dos assuntos mais relevantes para o público alvo de acordo com a visão da empresa. Possibilita maior variedade e frequência de assuntos, permitindo ainda que haja opiniões da empresa através de introduções e/ou conclusões nos textos originais, mas sempre apresentando a fonte e a originalidade dos textos.

Dica: utilize as duas estratégias. Seja um bom filtro sobre seu setor e periodicamente agregue com seus próprios textos, imagens e vídeos. Agora as empresas precisam ser um pouco mídia, um pouco rede social, um pouco ‘ONG’.

Matéria originalmente publicada no jornal Folha de Londrina e FolhaWeb em http://www.folhaweb.com.br/?id_folha=2-1–3781-20110328

@jpbalthazar

  • http://www.facebook.com/vjohya Vinicius Ohya

    Muito bom este conteúdo.

Google+